O fim de ano está chegando e muitas pessoas vão viajar (eu mesmo estou pensando em pegar um sol – ou dois – em Tatooine), por isso vou listar para você as únicas três lentes que precisa para fotografar uma viagem em qualquer lugar do mundo ou universo! Eu já indiquei quais são as melhores câmeras para viajar e também já dei 4 dicas para fotografar os melhores destinos sem ser profissional, ou seja, você não tem desculpas!

Você pode concordar ou não com minha escolha, afinal vivemos em uma democracia com liberdade de expressão, porém em ambos os casos se manifeste nos comentários, lá no final do artigo.

Basicamente vou indicar uma olho de peixe com abertura de f/2.8, uma normal de f/1.4 e uma teleobjetiva com abertura de f/2.0, contudo você pode encontrar variações dessas lentes no mercado sendo que as mais comuns e baratas seriam:

  • 24mm f/2.8
  • 50mm f/1.8
  • 100mm f/2.8 macro

Aí você vira e me pergunta: “não tem lente zoom? A 24-105mm não é boa? ”. Bom, não gosto dessa lente por várias razões: abertura máxima nesta lente é f/4 (muito limitante se você for viajar) além do fato de que qualquer lente fixa possui mais qualidade de imagem e nitidez que uma lente zoom (estou generalizando, claro).

Cada uma das lentes que vou citar são usadas em objetivos muito específicos assim como usamos calçados diferentes para fins diferentes ao longo da nossa semana: trabalho, caminhada, trilha, sapatilha de balé e havaianas, por exemplo.

O que quero dizer é que algumas lentes realmente são melhores do que outras para certas coisas. Por exemplo, retratos são melhores registrados com lentes entre 85mm e 135mm. A distorção da face e orelhas é minimizada e as proporções ficam mais verdadeiras nesse segmento focal.

Por outro lado, você normalmente não conseguiria fazer uma fotografia de uma grande paisagem aberta com uma 135mm (claro que há exceções a cada regra e é por isso que a fotografia é curiosa: o que acontece quando você quebra uma regra?). Lentes para paisagens tendem a ser um pouco mais largas, entre 15mm e 50mm.

Enfim… já enrolei você demais, né? Aqui estão as minhas razões para você levar a fisheye 15mm, a normal 50mm f/1.4 e a teleobjetiva 135mm f/2.0 na sua próxima viagem (caso o papai Noel não te presenteie com elas).

15mm

Fisheye 15mm f/2.8

A lente 15mm é a solução para evitar composições chatas e monótonas. Ao viajar edifícios interessantes são inevitavelmente fotografados. “Olha aquela ponte com fechaduras? ” É melhor tirar uma foto, na verdade não dá mais porque o pessoal retirou aquele símbolo de amor e substituíram por uma proteção sem graça.

“Olhe aquela velha catedral no Kremlin”, melhor tirar uma foto, vai que resolvem tirá-la de lá também né… Bem, você pode adicionar a sua foto a 1,5 milhões de outras fotografias no Flickr ou imagens do Google que se parecem exatamente com o que você acabou de fazer.

O que você pode fazer para se diferenciar? Como você pode criar uma foto que fará alguém parar por mais de meio segundo para contemplá-la? Empresas de anúncios ficam muito felizes quando alguém gasta de 4 a 8 segundos olhando para uma foto; você consegue fazer alguém olhar para uma foto por tanto tempo? O que seria necessário?

É aí que a 15mm entra. Ela distorce a imagem e cria a sensação de “globo” em sua imagem. Incline a câmera para baixo e observe a curva de terra como um grande “U”. Os edifícios tornam-se entortados e distorcidos de maneiras incomuns, como um pedaço da arquitetura de Gaudi. Fique no meio da rua e aponte a câmera para cima e veja os prédios inclinarem sobre você, como em um livro do Dr. Seuss.

Lentes fisheye (e essa aqui é bizarra) podem capturar uma sala inteira, cabine de um trem ou um banheiro facilmente. Elas fazem selfies incrivelmente bem, além de fazer fotos incríveis das estrelas à noite (não teria como ser de dia) e o melhor de tudo: são lentes incrivelmente leves e compactas para viajar.

50mm

Normal 50mm f/1.4

A lente de 50mm, também chamada de padrão, prime ou normal também pode trazer muita diversão para suas fotos de viagem. A 50mm, que analisei a aqui o modelo da Nikon e aqui o novo modelo da Canon) é a representação mais próxima do que vemos naturalmente com os nossos olhos.

Por apenas R$ 350 (média geral no Mercado Livre) você compra uma lente com óptica fantástica e abertura poderosa (esse valor não é para a f/1.4). A 50mm f/1.4 tem construção com maior qualidade que a f/1.8 e foca mais rápido que a f/1.2.

A grande vantagem é que a 50mm é extremamente leve: você poderia honestamente andar todo o dia com apenas esta lente. A 50mm f/1.4 é uma ótima lente para retratos (ainda mais se estiver usando uma câmera crop ao invés de uma Fullframe como expliquei neste artigo). Ela produz um bokeh adorável – nome chique para desfoque de fundo que ensinei a fazer aqui com uma câmera e aqui com o Photoshop.

Essa lente te força a se aproximar do assunto, tornando o retrato mais íntimo. Você não pode se esconder, pois estará a uma distância de um braço do que vai fotografar.

A última coisa que eu acho que a 50mm f/1.4 faz bem é capturar imagens em situações de pouca luz. Tentando capturar o jantar em um restaurante à noite usando apenas luz de velas? Totalmente possível. Aquela luz refletindo do outro lado do rio à noite? Vai de 50mm!

135mm

Teleobjetiva 135mm f/2.0

A grande mãe de todas estas lentes tele, a 135mm f/2.0 confere uma sensação especial em suas fotos porque puxa o fundo de forma agradável às imagens. Ela também é uma grande lente de retrato porque criar um fundo desfocado perfeito. Essa lente tem a capacidade de focar a uma distância de 1 metro tornando a 135mm quase uma lente macro como a excelente 105mm que analisei.

Muita gente me pergunta da 70-200mm, mas a 135mm faz quase a mesma coisa pesando a metade da outra lente. Esta é realmente uma objetiva interessante para fazer fotos de paisagens se você tiver espaço suficiente.

As melhores (e únicas) 3 lentes que você precisa para viajar

Espero que essas imagens e palavras tenham inspirado você. Aventurar-se nas lentes fixas e deixar de lado essa compulsão por lentes zoom com cada vez mais zoom pode renovar sua fotografia e estilo.

Minha ideia foi dar dicas de lentes de forma que consiga fazer fotos de paisagens, retratos e puxar para próximo alguns detalhes distantes de forma que cubra o maior range possível.

Se está pensando em viajar, aproveite essas dicas e atualize seu set de lentes. Garanto resultados, lucro garantido e trago a pessoa amada a seus pés em 2 dias. Brincadeira, mas com essas 3 lentes no seu set certamente a pessoa amada vai gostar de você 🙂

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.