Finalmente a Canon resolveu se mexer um pouco no segmento de mirrorless trazendo à luz a novíssima Canon EOS M5 que pegou emprestada várias características da 80D. Sorte de quem mora lá na civilização 🙁

Já se passou quase um ano desde o lançamento da EOS M3, sem dúvida, a melhor câmera mirrorless da Canon até hoje. Agora a empresa está expandindo sua série compacta com a M5.

Claro que não estou dizendo que ela vai substituir sua DSLR, mas não tem como negar o poder de fogo da pequena Canon. Há o autofocus Duplo Pixel CMOS, por exemplo, que rastreia objetos em movimento com precisão no modo vídeo. Além disso, você tem o mesmo sensor APS-C de 24,2 megapixels e 100-25,600 ISO.

A EOS M5 usa o processador Digic 7 (o mais recente da Canon), faz 7 fps de disparo contínuo, tem Bluetooth, NFC e Wi-Fi para o emparelhamento com dispositivos móveis. Tela de 3,2 polegadas na parte traseira, junto com um visor eletrônico de alta resolução.

A nova câmera mirrorless da Canon promete ser uma das melhores no mercado. Ela chegará às lojas “precocemente” em novembro para custando US$ 979,00 (apenas o corpo) e US$ 1.099,00 com a lente básica EF-M 15-45mm f/3,5-6,3 IS STM (lente escura à beça).

É importante salientar que esta é uma câmera EF-M monte, mas você pode comprar um adaptador separado para usá-lo com uma vasta gama de objectivas EF da Canon.

A M5 não é exatamente uma câmera para iniciantes (por preço) e a Canon está um pouquinho atrasada em relação ao que os outros fabricantes já estão oferecendo. Aliás, um dos problemas para a popularização das mirrorless é justamente o preço. Equipamentos que são menores, com menos partes móveis, mais leves e mais caros. A Sony até tinha uma linha de entrada, mas está cada vez mais difícil de achar.

Dá para comprar a câmera com a recém lançada EF-M 18-150mm f/3.5-6.3 IS STM pela bagatela de US$ 1.479,00 em Dezembro. Lembrando que é possível utilizar as lente EF e EF-S mediante a compra de um adaptador.

Vou deixar o vídeo promocional da EOS M5 que faz você esquecer o preço desse brinquedo:

 

  • Olá, David.

    Eu particularmente gosto da Nikon, portanto minha escolha tenderia para a D5300, mas tenho que ser imparcial na comparação por isso o que posso dizer é que a D5300 faz 90/100 pontos contra 61/100 pontos da Canon em comparação de especificações…. a D5300 é mais recente e isso também conta como vantagem.

  • A primeira coisa que vou dizer é que você NÃO DEVE pensar que “partir para uma superzoom, mirrorless ou qualquer DSLR te dará a boas fotos automaticamente”. Muita gente acha que comprando uma câmera maior e melhor suas fotos ficarão boas sem nenhum esforço.

    Quem faz a foto é o fotógrafo e se ele não souber usar a luz ou sua câmera, as fotos serão tão boas quanto as feitas por um celular. Estou dizendo isso para que considere fazer um curso de fotografia antes de entrar no mundo das DSLR’s ou melhor compre a DSLR e faça o curso simultaneamente. Um curso básico não demora 1 mês para ser concluído e acontece 2 ou 3 vezes por semana (SENAC, Impacta, Belas Artes ou o Verena (http://www.verenafotografia.com/premium) rs

    Se você gosta de fotografia, quer aprender cada vez mais, quer fazer fotos cada vez melhores, então não deixe de estudar. Avalie direitinho suas necessidades e veja se sua intenção é entrar de cabeça no mundo da fotografia, pois para ter o “dedo de um bom fotógrafo (a)” você precisa ser um bom fotógrafo (a) e isso só acontece mediante muito estudo e prática.

    Não adianta queimar 8 mil reais ou 3 mil em uma câmera top ou uma câmera DSLR com lentes tops se você não souber como usá-las. Percebe? De qualquer forma você precisa decidir primeiro qual marca de câmera quer seguir e hoje temos 2 que são as mais tradicionais: Canon e Nikon.

    Escolher entre uma e outra seja mais preferência pessoal do que especificações técnicas. Vale a pena ver alguns comparativos no Youtube, imagens das câmeras e feita pelas câmeras e etc.

    O que posso dizer de pronto é que para mim (porque isso varia de acordo com a percepção de cada um) as imagens da Canon de maneira geral parecem mais saturadas, com mais cor; enquanto a Nikon produz imagens com cores mais lavadas, porém mais reais. Outra coisa que posso dizer é que as lentes da Nikon são mais caras que as lentes da Canon.

    A Nikon adota uma postura contrária a Canon quando se fala de motor de foco: ela prefere usar o motor de foco nas lentes, isso faz que elas sejam mais caras que as lentes da Canon (posso dizer que as lentes da Nikon são em média 16% mais caras que as lentes da Canon por causa do motor de foco embutido em cada lente).

    Essa é uma característica que a Nikon resolveu seguir: corpos mais baratos, lentes mais caras; enquanto a Canon segue o caminho inverso: lentes mais baratas e corpos mais caros já que o motor de foco fica na câmera e não na lente Ah… isso que disse acima é regra geral. Existem exceções.

    Geralmente quem está iniciando em fotografia acaba escolhendo uma câmera mais barata, que não possui recursos como motor de foco no corpo da própria câmera. Então como a câmera não possui diversos recursos e o motor de foco está na lente, o custo baixo da câmera faz com que se tenha um custo maior com lentes, porém este fotógrafo não tem tantas opções de lentes, diferente de um fotógrafo profissional.

    Você precisa pesar essas coisas e pesquisar bastante para descobrir qual modelo te agrada mais porque eles são bem equivalentes. Modelos dentro da faixa de preço dita acessível eu indico a Nikon D3100/D3200/D3300 e a Canon T5, mas T5i é uma câmera ideal para se começar também, embora mais cara.

  • As melhores superzoons do mercado são Sx60Hs, Hx400 e P600. São mais caras, mas considero as melhores… dê uma pesquisada 🙂

    • Rodrigo

      Obrigado

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.