Muitos leitores me perguntam sobre como fotografar a lua, quais lentes ou equipamentos usar, como fazer e etc, por isso resolvi criar esse guia no qual pretendo mostrar como planejar uma foto lunar e capturar uma imagem da lua perfeitamente alinhada.

Fotografar a lua é uma experiência incrível, além de um grande aprendizado. O que todo mundo quer é fazer aquela foto de pertinho da lua que mostre até os buracos do satélite, mas são poucos os que conseguem.

A lua pode estar grande e brilhante, mas quem já tentou fazer uma foto dela sabe como é o sentimento de fracasso. Ela nunca sai boa. A lua acaba se tornando um pontinho branco sem vida depois de passar pela lente da sua câmera, mas o que deu errado?

Felizmente, não é complicado aprender a fotografar a lua e é muito fácil configurar sua DSLR ou superzoom para fazer uma foto clara e bem definida da lua. Veja as dicas abaixo e faça foto espetaculares do nosso solitário satélite.

lua-1

EQUIPAMENTOS

Obviamente você precisa de uma lente longa, uma teleobjetiva. Algo entre 150-600 (ou mais) é a distância focal mais recomendada para fotografias da lua.

Geralmente superzoons como a Nikon P900 entre outras conseguem fazer esse tipo de fotografia, muito embora a qualidade seja perdida no processo, por isso se não faz tanta questão de nitidez pode sacar sua superzoom e seguir as dicas abaixo.

No caso de possuir uma DSLR, use lentes acima de 150mm. Normalmente lentes de 300 a 400mm geram bons resultados, mas se quer aproximar ainda mais então precisará mesmo de uma 600mm e um cartão de crédito com limite bem alto.

Um bom tripé é ESSENCIAL. Não tente fazer esse tipo de foto sem um tripé que irá se frustrar e passar nervoso. Baterias extras são uma boa pedida de precaução visto que pode demorar para a lua atingir o ponto ideal que deseja fotografar.

Ah… o uso de teleconverter para quem tem DSLR é bem-vindo aqui, desde que saiba da inerente queda de qualidade no uso desse acessório. Inclusive é muito interessante usar o “Live View” da câmera. Outro equipamento importante é o disparador remoto, dessa forma você não corre o risco de sua câmera tremer durante o disparo.

lua-5

A IDEIA

Mais importante que a lua em si é o cenário que irá contextualizar sua fotografia, por isso preste atenção onde pretende fotografar. Edifícios, objetos, árvores e qualquer coisa que possa compor a cena são importantes e ajudam a criar sua imagem.

Perceba que o planejamento é essencial! A sua foto começa muito antes de pegar na câmera. Primeiro, pense em no local onde irá fazer a foto, as construções em volta, como é a natureza e se isso contribui para sua fotografia. Em segundo lugar, é importante que você tenha uma ideia aproximada de onde a lua está nascendo ou se pondo.

Com a sua ideia em mente (ou seja, o cenário, composição e trajetória da lua), você também tem que pensar sobre a distância em que você está parado em relação a um objeto e da lua. No exemplo acima a distância da torre e da câmera não é tão grande (veja na imagem abaixo), o que facilita ver os detalhes da torre e da lua. Se a câmera estivesse muito mais longe, a lua seria muito maior em relação à torre e alguns detalhes se perderiam.

lua-2

PLANEJANDO A FOTO

Existem alguns aplicativos  para Android e iOS que traçam a trajetória da lua e alguns sites também como o www.mooncalc.org e o suncalc.org para o sol. É importante que você verifique o posicionamento exato do satélite antes de sair de casa para ter certeza que estará no local certo e na hora certa.

No caso da foto que usei de exemplo foi importante saber onde a torre da catedral estaria em relação à lua para que a foto saísse perfeita. Saber o clima no dia foto também é crucial… verifique a previsão do tempo e só saia em caso de céu limpo.

O ideal é que fotografar a lua assim que ela nascer, quando estiver no horizonte porque existe uma ilusão de ótica que faz que a lua pareça maior do que ela realmente é.

lua-3

FAZENDO A FOTO

Pegue sua tralha toda e vá para o local escolhido bem antes da hora que fará as fotos definitivas (perceba que usei o plural). É importante que faça testes de enquadramento e posicionamento para ter certeza que tudo estará perfeito quando a lua nascer.

Uma dica que dou é realizar testes de exposição, ou seja, altere a exposição da câmera para verificar qual é a ideal para o tipo de foto que deseja. Dessa forma quando a lua surgir restará apenas fazer alguns ajustes.

A segunda dica que dou é: fique esperto com o arrasto da lua. Acontece que, muitas vezes, entre o disparo e o registro da foto existe um atraso normal (ele pode ser maior ou menos dependendo da exposição que estiver usando). O problema é que enquanto esse atraso acontece a lua pode se mexer um pouco seguindo sua trajetória gerando uma imagem borrada.

lua-4

Teste a velocidade do seu obturador enquanto a lua não chega no ponto que deseja fotografar para ter certeza de que na velocidade x você será capaz de congelar o movimento da lua.

Use uma velocidade de disparo alta (1/125 ou maior). A velocidade média de translação da Lua fica em torno de 3.700 km/h, por isso usar velocidades baixas vão borrar suas fotos. E outra coisa: a lua é muito brilhante, embora não pareça, por isso não se preocupe e suba a velocidade.

Procure usar aberturas de f/9, f/11 ou até mesmo f/16 para gerar imagens mais nítidas e mantenha o ISO baixo para garantir fotos com pouco ruído. Comece com ISO 100 e vá aumentando conforme for necessário. Além disso acho interessante usar o “spot metering” para medir a luz e foco manual.

Como fotografar a lua?

Seguindo essas dicas tenho certeza que fará fotos incríveis da lua. Aliás é sempre interessante fazer um timelapse quando estiver fotografando a lua. Veja esse que bacana:

E você? Tem alguma foto da lua que acha que ficou legal? Mostre para mim e para os demais leitores do Verena!

Cara na Foto 2

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.