D5600 - Análise Completa da Nova Nikon
Preço
Usabilidade
Especificações
Minha Nota
4.3Nota Final

Mais um ano e mais uma câmera. Dessa vez é a Nikon que coloca no mercado a D5600, uma DSLR de entrada avançada, conectada e poderosa. A D5600 é muito parecida com sua antecessora, a D5500, exceto pela adição do SnapBridge que vou detalhar mais abaixo junto com outros pontos importantes a serem considerados antes da compra desse modelo de câmera.

Não é de hoje que a Nikon tem feito a lição de casa, aprendido com os erros e acertado a mão em modelos sólidos, eficientes, ótimo processamento JPEG e, muitas vezes, com autofoco muito bom.

Infelizmente o mundo é cruel (assistam o filme do LOGAN que vocês vão entender). As vendas de DSLR estão caindo no mundo todo e a rivalidade das mirrorless somada com o crescimento da fotografia móvel (com os smartphones) fazem que um novo lançamento de DSLR precise ser mais do que apenas “bom”.

Foi pensando nisso que a D5600 veio ao mundo e você vai descobrir se a japonesa obteve êxito ou não.

Características Principais

  • 24MP sensor APS-C CMOS
  • AF de 39 pontos, sendo 9 pontos cruzados centrais
  • 5 fps no modo contínuo
  • Tecnologia ‘SnapBridge’, Bluetooth e Wi-Fi
  • Vídeos a 1080/60p
  • Função timelapse
O SNAPBRIDGE

Basicamente o SnapBridge é um sistema baseado em Bluetooth que usa uma conexão de baixa energia para ficar conectado ao seu dispositivo inteligente e transferir imagens. Embora a câmera seja compatível com Wi-Fi, esse recurso é usado exclusivamente para operação remota de exibição ao vivo e transferência de vídeo.

Não é algo que me impressione no primeiro momento porque esse sistema já estava presente na D500 de forma meio inacabada e um pouco mais polido na D3400. É possível que as necessidades dos usuários da D5600 estejam em algum lugar entre esses dois extremos para usar o SnapBridge.

O corpo do D5600 é essencialmente o mesmo da D5500, exceto pelos 5g que ela emagreceu. Não é uma diferença notável, mas vejo como indicação de quanto esforço foi feito para tornar essa câmera tão pequena.

Apesar de seu tamanho reduzido, a Nikon encontrou espaço para um touchscreen de 3,2 polegadas, que parece enorme na parte de trás de uma câmera tão pequena, sem deixar de ser confortável.

Claro que nem tudo são flores, pois um elemento que sofre com a redução é o viewfinder o qual, com 95% de cobertura em cada dimensão, não é muito nítido ou preciso no enquadramento.

O modo liveview merece destaque pela velocidade e desempenho, algo que a Nikon tem se empenhado em melhorar a cada lançamento, mesmo que não haja uma grande diferença de velocidade tão grande entre o disparo pelo viewfinder e o liveview, ainda assim pode ser significativa para o usuário mais exigente.

DIAL E TELA TOUCHSCREEN

A Nikon optou por manter apenas um dial e isso não será um problema para a maioria dos usuários que podem simplesmente segurar o botão de compensação de exposição e girar o dial, mas para os usuários mais avançados, um segundo dial não só eliminaria esta etapa como aceleraria outras operações da câmera. Quem prefere esse tipo de atalho deve procurar a série D7x00.

A tela de 3” touchtscreen é uma mão na roda na hora de ajustar rapidamente algum parâmetro. Ao pressionar o botão ‘i’ um menu rápido sensível ao toque aparece permitindo checar páginas dedicadas para cada configuração. É uma grande melhoria em relação à interface antiga que demandava o uso de vários botões.

DESEMPENHO

RAW – O sensor da D5600 capta o máximo de detalhes que se pode esperar de uma câmera de 24MP. Não há filtro anti-aliasing e o ISO recebeu uma ótima e bem-vinda melhoria, minimizando o ruído de forma satisfatória.

JPEG – As cores em JPEG são brilhantes e vibrantes, mas os tons de pele não são tão agradáveis assim. Ainda é perceptível o tom lavado em algumas cores.

Range Dinâmico – O sensor do D5600 tem um alcance dinâmico muito bom, o que significa que os arquivos RAW têm a flexibilidade de serem processados para mostrar uma gama mais ampla de tons do que normalmente seria no JPEG padrão.

Autofoco – A D5600 tem um sistema de autofoco de 39 pontos de focagem automática que consegue acompanhar um objeto em movimento para criar uma imagem nítida.

No teste da bicicleta uma magrela é deslocada em uma linha reta em direção à câmera, apenas para verificar a capacidade da câmera em identificar e mudar a distância de foco rapidamente. A D5600 não teve nenhuma dificuldade em passar nesse teste.

Em um ambiente mais complexo, entretanto, onde vários sujeitos usam a mesma cor em profundidades semelhantes, a D5600 mostrou suas limitações (compreensíveis). Ela não conseguiu focar tão rápido e várias vezes ficou perdida no que deveria deixar nítido.

PRÓS

CONTRAS

• Excelente sensor de imagem

• JPEG sólido, excelente qualidade RAW

• Boa ergonomia e touchscreen

• Grande duração da bateria

• Autofoco bom e fácil de usar

• O SnapBridge ajuda na transferência de imagens

• Operação do touchscreen útil somente para quem é destro.

• O SnapBridge não é compatível em todos os dispositivos móveis

• O foco automático no modo vídeo é fraco e não há controle de abertura enquanto você está gravando.

• Não carrega via USB

• Controle de Auto ISO confuso

CONCLUSÃO

A D5600 é uma revisão muito bem-vinda da D5500, porém muito mais conectada e acessível. Ela é pequena, fácil de usar e gera imagens de ótima qualidade.  

Se busca uma DSLR de entrada avançada, a D5600 certamente tem os melhores requisitos para te convencer a comprá-la. O SanpBrigde acaba sendo um recurso a mais para quem gosta ou prefere mandar suas imagens instantaneamente para o smartphone. O tamanho reduzido, qualidade de imagem e usabilidade são grandes trunfos contra as concorrentes.  

Corpo e Uso

O corpo do D5600 é pequeno sem que isso tenha um impacto negativo no manuseio da câmera. Os botões são pequenos, mas espaçados o suficiente para evitar o acionamento acidental.  

O dial único não ajuda muito na hora de buscar algumas configurações adicionais, porém o visor de LCD touch acaba compensando um pouco a usabilidade do modelo.  

Por causa do tamanho da câmera e a cobertura de visão do viewfinder é possível que você prefira fazer suas fotos pelo liveview.

D5600

Qualidade de Imagem

As fotos em JPEGs são vibrantes e, graças ao sistema Active D-Lighting, a D5600 consegue fazer bom uso da gama dinâmica do sensor em cenas de alto contraste. A qualidade de imagem em RAW é boa para uma câmera APS-C, tanto em termos de faixa dinâmica em ambientes com bastante luz quanto pouco ruído em pouca luz.  

Os vídeos da D5600 são razoáveis, mas não seria a minha primeira escolha para a gravação de vídeo. A mais recente lente AF-P torna o autofoco mais suave do que as versões anteriores, mas ainda é propensa a vibrar, lembrando que não é possível alterar a abertura durante o disparo.

Existem várias câmeras mirrorless que irão gravar vídeos em 4K de boa qualidade e as mais recentes DSLRs da Canon terão melhor foco automático no modo vídeo, por isso pense bem se a D5600 é a câmera ideal para você caso queira fazer filmes prioritariamente. 

Desempenho  

O autofoco da D5600 é consistente mesmo que não garanta precisão perfeita, ele é rápido e notavelmente bom em seguir o assunto enquanto se movimenta mantendo tudo em foco. 

O SnapBridge é um método simplista de transferência que ainda precisa de refinamentos. Funcionou bem na maior parte do tempo, mas não esteve livre de problemas de conexão e compatibilidade. É um diferencial que ainda não está perfeito.

D5600

Finalmente posso dizer que a D5600…

… não é uma câmera de ponta, mas a maioria de suas características fundamentais são bem refinadas. A interface do usuário é bem projetada para o público-alvo, sua capacidade de manter objetos em movimento em foco é eficiente e, mais importante, ela vai facilmente fazer excelentes fotos.

Mesmo que o SnapBrigde não funcione perfeitamente ainda assim é um diferencial em relação as outras fabricantes que vai te ajudar a transmitir suas fotos na tela do seu smartphone.

Resumão

Indicada para

Família e fotógrafos casuais procurando uma câmera bastante simples, altamente capaz.

Não indicada para

Entusiastas que buscam mais controles e/ou querem fazer vídeos prioritariamente.

VOCÊ PODE TIRAR DÚVIDAS PELO WHATSAPP

Já pensou em receber ajuda personalizada e tirar todas as suas dúvidas diretamente pelo Whatsapp? É exatamente isso que o Verena está oferecendo para você! Basta se tornar membro do Verena e ter minha monitoria por mais de 40 horas por semana tirando qualquer tipo de dúvida a qualquer momento* por meio de mensagens, áudio, vídeos e imagens.

Vou te ajudar a melhorar sua fotografia como nenhum curso conseguirá e dar todo suporte que precisa. Quer apostar?

SABER MAIS

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.