Se você reclama do ônibus e metrô lotado aqui no Brasil, talvez não saiba que esse problema se repete no mundo e na maior cidade do mundo (em termos de população). Porém não se preocupe, você poderá saber como é o metrô de Tóquio sem colocar os pés lá – se é que há espaço para seu pé dentro de um dos vagões – através das lentes do fotógrafo Michael Wolf.

Michael é alemão e vive em Tóquio, onde registrou a superlotação no transporte público em horários de pico. Seu primeiro contato com o transporte na cidade foi em 1995. Desde então, ele vem registrando algumas situações desagradáveis recorrentes na vida de quem utiliza esses meios de locomoção pela cidade.

As fotografias fazem parte de uma série que ganhou o nome de “Tokyo Compression“. Nas imagens, o fotógrafo captura expressões de pessoas espremidas contra as janelas enquanto realizam seus deslocamentos diários.

É angustiante:

Fonte: Hypeness

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.