Depois de muito anunciar finalmente está liberado o meu segundo álbum temático chamado “P&B” (afinal o clássico nunca sai de moda). Fotografias em preto e branco são comuns no mundo fotográfico e se você procurar nos meus outros álbuns do Picasa também encontrará imagens em escala de cinza. Entretando, meu álbum “P&B” pode ser considerado temático porque tive que pensar bem antes de fazer essas fotos, não foi só converter a imagem.

Com certeza você já deve ter feito fotos em preto e branco e tenho mais certeza ainda de que você já viu outras fotografias em preto e branco que deixaram a sua no chão fazendo que você quisesse pular da ponte mais próxima porque o mundo é muito cruel. O modo comum de fazer preto e branco, ou seja, o modo mais fácil e preguiçoso, leva em conta apenas a saturação da imagem o que a torna lavada, sem graça, sem sal, chata e feia (percebeu meu ódio?)

O modo correto de conversão da fotografia colorida para o preto e branco usa o contraste, a saturação e diversas particularidades da imagem para criar uma preto e branco bonita. No início da fotografia digital não havia preto e branco que se comparasse ao feito em filme (parecido com aqueles que você usava em 1990) e isso foi verdade até um tempo atrás quando softwares conseguiram reproduzir os mesmo efeitos em imagens digitais.

Porta Velha

Fotografia em Preto-e-Branco

Do meu álbum, selecionei quatro fotografias que achei mais interessantes e queria comentar com vocês. A primeira é uma porta velha, sem maçaneta, pintura descascando e com uma gambiarra de corda para fechá-la e foi exatamente esses elementos que, em vez de serem feios, fizeram dessa fotografia um exemplo. Talvez se ela fosse colorida, você não perceberia a textura do objeto. Na verdade eu pergunto: você percebeu? Olhe de novo e note os detalhes da trança da corda e a superfície da porta. Em fotografia preto e branco, o que é fotografado conta tanto quanto o cuidado de transformar a imagem em tons monocromáticos.

Infância

Fotografia em Preto-e-Branco

Usando uma combinação de cores no preto e branco (e eu sei que isso parece ser contraditório, mas acredite, não é) essa fotografia dos balanços proporciona um ar tão gostoso que eu poderia ficar olhando por um longo período sem me cansar. Os tons em escala de cinza tem por natureza a capacidade de nos remeter ao passado e se considerar que a última vez que você sentou em um balanço foi quando tinha 5 anos de idade, o saudosismo assalta nosso coração e arranca suspiros pela infância há muito perdida.

Fotografia de mãos

Fotografia Preto e Branco

A imagem acima foi a última que fiz para o álbum. As mãos em questão pertencem a mim e à minha irmã, que tão gentilmente aceitou meu convite para “posar”. O grande destaque dessa foto é o ato incompleto, o quase, o estamos chegando. Uma mão que pede ajuda e uma mão que dá ajuda, mas sem que isso seja efetivado… não sei se estou viajando na maionese, mas o fato da imagem registrar exatamente o momento do “quase” gera uma angústia que é acentuada pela dramaticidade do preto e branco e isso deixa a pergunta: a ajuda chegou? Ele conseguiu segurá-la? Ela escapou? Não deu certo? Todos esses questionamentos provam a magia da fotografia em dizer tantas coisas sem dizer nada, apenas mostrando. Se considerar o tema, essa é uma das melhores que fiz.

Parque Ibirapuera

Fotografia em Preto e Branco

E a última fotografia que gostaria de comentar é esta que foi feita no Parque Ibirapuera. A imagem é preto e branco, mas parece que usa tons de sépia bem fraquinho que novamente nos levam para um tempo no passado. O banco em primeiro plano com seu arco para apoio dos braços destacam-se na paisagem de forma que valoriza um simples banco de madeira abandonado no tempo.

Com certeza farei outras fotos em preto e branco, mas para este álbum específico, essas são especiais. Se quiser ver as outras imagens, visite o álbum no Picasa.

  • Bia

    A foto do banco foi feita colorida, né?
    E eu reconheci aquela mão desde o princípio.

    • J. R. Caldas

      Sim, originalmente todas as fotografias são coloridas, por isso eu disse no post para se tomar cuidado na hora de convertê-las para preto e branco, pois você pode simplesmente “matar” a imagem tornando-a um P&B sem graça. Note que há cor na preto e branco da fotografia. Obrigado pela visita.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.